[Página da IACM]


Boletim da IACM de 07. Maio 2014

Ciência/Humanos: A cannabis reduz os sintomas de transtorno de stress pós-traumático em um estudo aberto

A cannabis foi associado com a redução nos sintomas de transtorno de stress pós-traumático (TEPT) em alguns pacientes. Este é o resultado de uma revisão dos historiais de 80 pacientes com TEPT que usam cannabis de acordo com a lei de cannabis medicinal do Novo México. Esta análise foi publicada no Journal of Psychoactive Drugs pelo Dr. George Greer de Santa Fé e seus colegas da Universidade da Califórnia em Los Angeles e San Diego. Novo México foi o primeiro estado a aceitar TEPT como condição para o uso de cannabis medicinal.

O objectivo do estudo foi analisar estatisticamente dados sobre os sintomas de TEPT em pacientes incluídos no programa de cannabis medicinal de novo México entre 2009 e 2011. Foi aplicado o Clinician Administered Posttraumatic Scale do DSM-IV (CAPS). Foram relatadas reduções superiores a 75% nas pontuações dos sintomas CAPS quando os pacientes estavam usando cannabis em comparação a quando não usavam.

Greer GR, Grob GS, Halberstadt AL. PTSD symptom reports of patients evaluated for the New Mexico medical cannabis program. J Psychoactive Drugs 2014;46(1):73-7.

Guatemala: O presidente pretende legalizar a produção de cannabis e ópio

Guatemala poderia apresentar um plano para legalizar a produção de cannabis e a papoila do ópio no final de 2014, como forma de limitar o poder do crime organizado, disse o presidente Otto Perez no dia 2 de Abril. Perez, um general aposentado conservador que quebrou fileiras com os Estados Unidos, propus a legalização das drogas, logo que ele assumiu o cargo no início de 2012, mas ainda tem de apresentar um plano concreto de como isso poderia ser feito.

Uma Comissão do governo tem vindo a estudar a proposta, e Perez, disse à Reuters em uma entrevista que esperava as recomendações que serão publicados em torno a Outubro e que poderiam ser apresentadas medidas no final do ano. Essas medidas poderiam incluir uma iniciativa para o congresso legalizar as drogas, em particular, a cannabis. "A outra coisa que estamos explorando... é a legalização das plantações de papoila na fronteira com o México, controladas e vendidas para fins medicinais," Perez disse. Guatemala é um dos países mais violentos da América e sofreu das incursões pelos violentos carteis de drogas mexicanos nos últimos anos.

Reuters, de 2 de Abril de 2014

Notícias

EUA: Maryland aprova projecto de lei para reduzir as penas por cannabis
O poder legislativo de Maryland, controlado pelos democratas, aprovou uma medida para descriminalizar as pequenas quantidades de cannabis. O senado aprovou a medida fazendo da posse de até 10 gramas de cannabis uma ofensa civil. O governador democrático Martin O'Malley disse que iria assinar o projecto.
Reuters, de 7 de Abril de 2014

Ciência/Animais: Os antagonistas dos receptores de canabinóides podem ser neuroprotectores na doença de Parkinson
O rimonabant, antagonista do receptor CB1, foi neuroprotector em um modelo do rato da doença de Parkinson. O resultado sugere que células gliais podem estar envolvidas nesse efeito protector. As células da glia são células que fornecem suporte e protecção ás células nervosas do cérebro e sistema nervoso periférico.
Laboratório de neuroquímica funcional, C. Mondino Instituto Nacional Neurológico, Pavia, Itália.
Cerri S, et al. J Neuropathol Exp Neurol. 2014 Apr 4. [na imprensa]

Ciência/Animais: O aumento da concentração de anandamida reduz a dor
Em vários modelos animais o aumento das concentrações de anandamida no cérebro através da inibição da FABPs (proteínas de ligação de ácidos graxos) reduziu a dor. As FABPs levam a anandamida até as FAAH (amido hidrolase de ácido graxo), que metaboliza este endocanabinóide.
Departamento de Anestesiologia, Stony Brook University, Nova Iorque, EUA.
Kaczocha M, et al. PLoS One 2014;9(4):e94200.

Ciência/Células: Um antagonista dos receptores canabinóides reduz a replicação do vírus da hepatite C
Experimentos com células do fígado mostram que um tratamento com um antagonista dos receptores CB1 melhora os distúrbios do metabolismo da glicose e inibe a replicação do vírus da hepatite C. A activação do sistema endocanabinóide aumenta a replicação do vírus da hepatite C.
Departamento de Doenças Infecciosas, Segundo Hospital Filiado, Universidade de Medicina de Harbin, China.
Sun LJ, et al. Int J Infect Dis. 2014 Apr 2. [na imprensa]

Relembrando o passado

Um ano atrás

Dois anos atrás

[Voltar à visão geral]  [Página da IACM]


up

Eventos Online 2020

Todas as informações sobre os Eventos IACM Online, incluindo vídeos gratuitos dos webinars com legendas em português, podem ser encontradas aqui.

Conferência 2021

A 12ª Conferência da IACM sobre Canabinóides em Medicina terá lugar online de 14 a 16 de Outubro de 2021. A inscrição é gratuita.

Members only

Regular members can sign up for the new member area of the IACM to access exclusive content.

You need to become a regular member of the IACM to access the new member area.

IACM on Twitter

Follow us on twitter @IACM_Bulletin where you can send us inquiries and receive updates on research studies and news articles.